A Babcock

  • Mais de 125 anos
    de existência.

  • Nº 1 no Reino Unido em serviços de suporte à engenharia.

  • Uma das 250 maiores instituições britânicas.

Líder em manutenção e serviços de engenharia complexa e crítica no Reino Unido.

Fundada em 1891, a Babcock foi criada com um único objetivo: oferecer suporte de engenharia sob medida com o mais alto nível de qualidade e segurança. Hoje, a empresa é uma das maiores especialistas do mundo no que faz, com integração de tecnologia, gerenciamento de infraestrutura e treinamento especializado.

Com mais de 36 mil colaboradores, a empresa atende demandas em 4 setores chave: marítimo, aviação, terrestre e nuclear. Os projetos são desenvolvidos em ambientes altamente regulados, administrando operações complexas, realizando manutenção, upgrade, operação e administração de estruturas e equipamentos críticos. Tudo isso com uma economia financeira significativa para os clientes.

Há mais de 50 anos, superando desafios no brasil.

Confira alguns dados da nossa trajetória de mais de cinco décadas no país.

Mais de 90 contratos de manutenção e gerenciamento em diversos segmentos.

Mais de 3.100 colaboradores.

Uma das líderes no mercado brasileiro de manutenção e de facilities.

Escritórios em São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Vitória e Brasília.

Presença em todos os estados brasileiros.

125 anos medidos
em sucessos.

Com mais de um século de existência, a empresa
passou por uma grande transformação,
mantendo-se líder em serviços de engenharia.

Formada e capitalizada pela empresa Babcock & Wilcox Company, foi fundada a empresa britânica chamada Babcock & Wilcox Ltd. 1891
1892 Por alguns anos, as caldeiras da B&W foram construídas no Kilbowie Works da Singer Manufacturing Company, em Clydebank, perto de Glasgow, na Escócia. Isaac Singer era um acionista significativo da Babcock & Wilcox.
Inauguração de uma nova fábrica de caldeiras em Porterfield Forge, em um terreno de 33 acres (130.000 m2). 1895
1914 – 1918 / 1939 – 1945 Durante a primeira e segunda guerra mundial, o fornecimento para o setor de defesa cresceu exponencialmente, tornando-se um dos maiores negócios da empresa.
Nossa força de trabalho chegou a, aproximadamente, 10.000 homens, somente em Renfrew. 1940
1960 A Babcock & Wilcox Ltd, pela primeira vez, envolveu-se no desenvolvimento de usinas nucleares no Reino Unido.
A Babcock & Wilcox Ltd foi renomeada como Babcock International Ltd. 1979
1982 A empresa foi lançada na Bolsa de Valores, tornando-se Babcock International PLC.
A Babcock fundiu-se com a FKI Electricals PLC, para formar a FKI Babcock PLC. 1987
1989 A FKI Babcock PLC foi desmembrada, para formar a Babcock International Group PLC e a FKI PLC.
Comprou a Tickford Rail, com sede em Coventry, que reformou vagões de trem. 1991
1992 Comprou a King Wilkinson, empresa de energia do Oriente Médio.
75% de participação nas atividades de fabricação de caldeiras e serviços de energia foram vendidos para a Mitsui Engineering & Shipbuilding do Japão, tornando-se Mitsui Babcock Energy Ltd. 1995
2000 A Babcock afastou-se da manufatura para a manutenção e engenharia, dando suporte a equipamentos críticos e à infraestrutura dos clientes.
Adquiriu a Armstrong Technology, um projetista de navios de guerra de Newcastle, e a FBM Marine, produtora de embarcações menores, baseadas em Cowes. 2000
2001 A Babcock adquiriu a Hunting Contract Services (HCS), o negócio de serviços de apoio militar da Hunting, um fornecedor de serviços petrolíferos.
A Babcock foi reclassificada na Bolsa de Valores de Londres de "Engenharia" para "Serviços de Suporte". 2002
2002 Comprou a Service Group International Ltd, uma provedora de serviços de suporte em defesa de mercados civis.
O Peterhouse Group PLC foi adquirido em Junho de 2003 por £ 99 milhões. Peterhouse havia anteriormente competido com Babcock no setor de serviços de suporte, mas era mais forte no setor civil. 2003
2004 A Babcock adquiriu a Turner and Partners, uma fornecedora de serviços profissionais para a indústria de telecomunicações.
Comprou a Alstec Group Ltd, operadora de serviços nucleares e aeroportuários. 2006
2006 A Babcock comprou as linhas de alta tensão e negócios de telecomunicações móveis da ABB South Africa (Pty).
Comprou a Devonport Management Limited, operadora das instalações de navios submarinos e de superfície nuclear Devonport Dockyard e Appledore Shipbuilders. 2007
2007 O governo do Reino Unido anunciou que a Aircraft Carrier Alliance, da qual a Babcock International fazia parte, levaria a cabo a montagem final de dois novos porta-aviões para a Marinha Real, em seu Rosyth Dockyard.
Concluiu-se a aquisição da International Nuclear Solutions PLC. 2007
2008 A Babcock adquiriu a Strachan & Henshaw, do Grupo Weir, para fortalecer seu posicionamento no setor nuclear.
A Skoda Power, fabricante de turbinas a vapor da República Tcheca, tornou-se parte da Doosan Babcock Energy Ltd. 2009
2009 A Babcock adquiriu o braço comercial da UK Atomic Energy Authority, a UKAEA Ltd.
A Babcock adquiriu o VT Group. A aquisição foi concluída em 8 de Julho de 2010. As empresas combinadas criaram um grupo de serviços de defesa e suporte com vendas de £3 bilhões e mais de 25.000 funcionários na Grã-Bretanha e nos Estados Unidos. Como resultado da fusão, a Babcock assumiu o contrato para operar o Serviço de Comunicação de Alta Frequência de Defesa, em nome do Ministério da Defesa. 2010
2012 Babcock recebeu um contrato de £15 milhões do Ministério da Defesa para apoiar o projeto dos submarinos nucleares da próxima geração do Reino Unido.
A divisão de Serviços de Suporte adquiriu a Conbras Serviços Técnicos de Suporte Ltda.Tno Brasil, empresa com 50 anos de história no país e, pela primeira vez, entrou no mercado da América Latina. A empresa já atuava na manutenção industrial e predial de grandes clientes como ITAU, BRADESCO, CLARO, VALE e BANCO DO BRASIL. 2013
2014 A Babcock do Brasil ganhou o contrato de manutenção do aeroporto de Guarulhos. Somando-se ao contrato do Rio Galeão, a empresa passou a ser um dos maiores fornecedores de manutenção aeroportuária do país.
Aquisição da empresa de serviços de helicópteros Avincis Group. 2014
2014 A Babcock e a BAE Systems conquistaram contratos do Ministério da Defesa, para manter navios de guerra britânicos, submarinos e bases navais nos cinco anos seguintes.
A Babcock foi nomeada como a compradora preferencial do governo britânico do negócio de reparos e manutenção de terrenos do Grupo de Apoio à Defesa. 2014
2016 Iniciou as operações de Manutenção em Frotas no Brasil, com o contrato de manutenção de caminhões betoneira da Engemix.
Marcelo Ferraz, assumiu a presidência da Babcock no Brasil, inaugurando uma nova fase da empresa, saindo de uma gestão familiar para uma gestão com executivos de mercado. 2017
2018 A Babcock do Brasil ganhou o contrato de manutenção do Aeroporto de Salvador.
A Babcock do Brasil ganhou o contrato de manutenção do Bradesco CTI, que juntamente com o contrato de gerenciamento e manutenção do Data Center do Banco do Brasil e Itaú, tornou-se um dos maiores player de manutenção de datas centers de grande porte do país. 2018
2019 A Babcock do Brasil conquistou o contrato de manutenção de todas as fábricas da Kimberly Clark no Brasil.

Certificações

OHSAS 19001

Occupational Health and Safety Assessments Series oficialmente publicada pela BSI – British Standards Institution. É uma norma de Sistema de Gestão de Segurança e Saúde Ocupacional (SGSSO) que visa proteger e assegurar que os colaboradores de uma organização tenham um ambiente de trabalho saudável e seguro.

OHSAS 55000

ISO 55000 é uma norma internacional que abrange o gerenciamento de ativos de qualquer tipo. Antes disso, uma Publicly Available Specification (PAS 55) foi publicada pela British Standards Institution, em 2004, para ativos físicos. A série ISO 55000 de padrões Asset Management foi lançada em janeiro de 2014.

OHSAS 18000

O ISO 18000 tem o foco voltado para a saúde e segurança ocupacional, sendo um maravilhoso sistema que permite à empresa controlar e melhorar continuamente o nível do desempenho da Saúde e Segurança do Trabalho, por ela mesma estabelecido.

OHSAS 19001

Occupational Health and Safety Assessments Series oficialmente publicada pela BSI – British Standards Institution. É uma norma de Sistema de Gestão de Segurança e Saúde Ocupacional (SGSSO) que visa proteger e assegurar que os colaboradores de uma organização tenham um ambiente de trabalho saudável e seguro.

OHSAS 55000

ISO 55000 é uma norma internacional que abrange o gerenciamento de ativos de qualquer tipo. Antes disso, uma Publicly Available Specification (PAS 55) foi publicada pela British Standards Institution, em 2004, para ativos físicos. A série ISO 55000 de padrões Asset Management foi lançada em janeiro de 2014.

OHSAS 18000

O ISO 18000 tem o foco voltado para a saúde e segurança ocupacional, sendo um maravilhoso sistema que permite à empresa controlar e melhorar continuamente o nível do desempenho da Saúde e Segurança do Trabalho, por ela mesma estabelecido.

Seja um
cliente
Babcock.

Entre em contato e conheça
as soluções que a Babcock pode oferecer
para o seu negócio.

Fale conosco

Quer ser nosso
fornecedor?

Saiba como

Quer trabalhar
com a gente?

Saiba mais

Ouvidoria Clique aqui e fale com a gente agora mesmo. Este canal é exclusivo para ouvir o que você tem a dizer.

X

O preenchimento dos campos NOME e E-MAIL não são obrigatórios.
Para receber nossa resposta, solicitamos o preenchimento do campo E-MAIL.